10 de ago de 2016

Uma dose de anatomia básica no Tight Lacing não faz mal a ninguém...

Vira e mexe, nos grupos de Tight Lacing, sempre falamos sobre como o corset (a pressão que ele exerce) influencia no corpo humano de diversas formas, na circulação, no tecido adiposo, na bacia, na coluna, na costela, nos músculos e etc. Como viram, sempre usamos o nome do órgão ou até mesmo da região que ele fica para nos referirmos ao que estamos falando para que o entendimento seja melhor para todos que estão falando do assunto (nada mais do que óbvio isso - dããããã).

Depois que publiquei parte do texto que fiz aqui no blog sobre “A LENDA DA CAVA /CURVA DA LOMBAR” em um destes grupos, percebi, depois de alguns comentários, que poucas pessoas não faziam idéia do que o assunto tratava, inclusive chegando ao ponto de aparecer uma pessoa falando que as costelas flutuantes ficavam na mesma região que a lombar (!).

Quando eu falo que o Tight Lacing não é só prática e “atochar” o corset no corpo, não é à toa! (leia mais aqui)

Por isso que achei legal fazer este tópico, percebi que não é todo mundo que tem este tipo de informação e tão pouco não são todas pessoas que tem aquela pré disposição de ir atrás sozinha e pesquisar algo quando vê uma palavra que não entendeu ou mesmo confirmar se aquilo que sabe ou ouviu falar, é verdade.

O tópico ficará imenso, na medida do possível vou linkar assuntos que já foram tratados aqui no blog. Para deixar mais didático utilizarei o ZygoteBody, que é um website que permite você visualizar um modelo anatômico 3D do corpo humano, para fazer algumas imagens. Todas elas podem ser ampliadas, basta clicar em cima de cada uma delas.

Tentarei posicionar as indicações nas imagens da melhor forma possível para você aí entender bem as coisas :) Acredite, será bem interessante você ter este tipo de entendimento do seu corpo. Conseguirá saber, apenas olhando as imagens, onde é que de fato o corset com a prática do Tight Lacing vai influenciar e como isso pode afetar outras regiões dele. Terá uma percepção bem melhor de como os EXCESSOS e os EXAGEROS no Tight Lacing (tanto no aperto, quanto no tempo de uso) podem ser danosos pro seu corpo no futuro, para de pagar pau para "evoluções" onde a parte do tórax foi nitidamente deformada por um corset mal feito e principalmente, que nem sempre a "DIVA DO CORSET ATOCHADO" deve ser exemplo de um Tight Lacing saudável ou até servir de exemplo/inspiração para alguém, a não ser que seu objetivo seja o extremo.


BORA COMEÇAR?


Vou começar a falar bem superficialmente APENAS das regiões do ESQUELETO que o corset ENVOLVE quando você põe a peça:


REGIÃO TORÁCICA


É constituída por doze vértebras que servem de inserção para as COSTELAS.

As costelas são ossos em forma de arco, articulando-se posteriormente com as vértebras dorsais e anteriormente com o esterno. 

O corpo humano possuí vinte e quatro costelas, dispostas em doze pares e divididas em três grupos, sendo eles: 

- Costelas Verdadeiras (1 até 7) : São sete pares que se prendem ao esterno diretamente, por meio de cartilagem.

- Costelas Falsas (8 até 10) : São três pares terminadas por cartilagem e que se prendem à cartilagem da sétima costela verdadeira.

COSTELAS FLUTUANTES (11 e 12): São os dois últimos pares que não se prendem a osso algum na sua parte anterior.

• Esterno

O esterno (13 até 15) é um osso chato, mediano, situado na parte anterior do tórax. Possui a forma de um punhal, sendo dividido em três partes: 

- Parte superior ou punho também chamada de manúbrio.
- Parte mediana ou corpo.
- Parte inferior ou apêndice xifóide.

REGIÃO LOMBAR


É constituída por cinco vértebras grandes. A região lombar é a porção da coluna vertebral que fica entre a região torácica e a região sacrococcigiana.


------ pausa para curiosidade ------


Uma das medidas que as grifes pedem para que seja enviada para confeccionar um corset para Tight Lacing é a medida da circunferência da BACIA.

Em anatomia, a bacia, chamada também de PELVE ÓSSEA, é uma região bem resistente e formada pelos ossos do quadril (ilioísquio e púbis), sacro e o cóccix.

...e com vocês, apresento: a BACIA e a "bordinha" CRISTA ILÍACA

Algumas grifes tentam ao máximo usar palavras de senso comum para melhor entendimento da maioria, principalmente na hora de pedir as medidas para as clientes, então, algumas grifes também se referem sobre esta parte como: "flancos", "ponto mais alto do quadril" ou até mesmo determinam quantidades de dedos abaixo do umbigo, para que a partir daí façam a medição da circunferência desta parte.

#FICADICA - Na dúvida em enviar esta ou qualquer outra medida para grife para confeccionar a sua peça, tire fotos com você se medindo (frente, lado e costas) e envie para grife que fará seu corset para que eles possam te orientar adequadamente (leia mais aqui).

------ fim da curiosidade ------



Os modelos de corsets apropriados para o Tight Lacing: UNDERBUST e o WAIST CINCHER (leia mais aqui), não envolvem toda a região torácica, aliás, não é indicado de maneira alguma um corset modelo OVERBUST, que cobre os seios, para prática (leia mais aqui).

Falando BEM A GROSSO MODO para você entender, os modelos indicados sempre começam abaixo dos seios (as grifes se referem sobre esta parte apenas como: TÓRAX) e terminam, dependendo do modelo e do formato da extremidade inferior destes corsets, antes da crista ilíaca, logo em cima da crista ilíaca ou uns dedos depois da crista ilíaca (as grifes se referem sobre esta parte apenas como: BACIA).

Fiz duas imagens só pra tentar ilustrar o que falei acima pra que não haja erro no entendimento. A parte em amarelo é como a maioria das grifes chamam a região assinalada quando você vai tirar as medidas para fazer seu corset (lembrando que além destas, existem outras medidas solicitadas, confira com sua grife). Veja logo abaixo:

Faça de conta que a linha rosa é um UNDERBUST básico :)

Faça de conta que a linha rosa é um WAIST CINCHER básico.

O Tight Lacing (TL), é o nome dado à prática de usar um corset por longos períodos, no intuito de alterar a silhueta, curvando suas COSTELAS FLUTUANTES permanentemente e consequentemente reduzindo a cintura (leia mais aqui).

Fiz mais umas imagens que mostram o que a gente cansa de falar nos grupos de TL. A linha em amarelo é apenas para terem uma ideia mais ou menos da altura da cintura NA BONEQUINHA, ok :) (não está preciso). Para visualizar melhor as costelas flutuantes, os músculos,  os ligamentos, o sistema circulatório, as linfas e o sistema nervoso foram ocultados. Veja, tirando tudo isso que mencionei, perceba quantos órgãos ficam na linha da cintura, além do maior de todos eles, a pele:







No Tight Lacing, as costelas flutuantes são empurradas/envergadas para dentro a medida que você vai gradualmente fechando seu corset.

Imagem tosca que fiz há um tempinho atrás só pra entenderem a "lógica" do Tight Lacing // corset: Invisible Shield do Ferrer Corsets

A prática nada mais é do que uma MODIFICAÇÃO CORPORAL ÓSSEA, e já está mais que provado que, SIM, é possível deformar as costelas flutuantes. Tem até esqueletos de mulheres do período vitoriano que mostram não só isso, mas como um corset também pode ser danoso pro corpo, principalmente quando o corset não respeita a anatomia do corpo e tem reduções irresponsáveis em lugares que nem deveriam ter reduções drásticas (leia mais aqui).

2014 - Ressonância Magnética (MRI) de uma pessoa usando corset, veja os órgãos. (leia mais aqui)

No tópico "O raio-x panorâmico de uma tight lacer brasileira aqui no blog" (leia mais aqui), você consegue ter uma bela noção de como as costelas ficam quando as medidas já estão quase fixadas, é o registro mais atual que se tem de um raio-x de uma tightlacer.

Imagine o corset, com sua estrutura toda em aço inoxidável (leia mais aqui e aqui) e seu corpo sendo estrangulado no meio dele dia após dia, semana após semana, meses após meses a medida que você vai fechando a peça. Imaginou? Agora imagine que depois que você atingiu seu objetivo terá que ficar pelo menos mais um ano usando o corset até que suas medidas se fixem (leia mais aqui). Imaginou? Puxado, né! E é sim!!!

É importante que o corset que você usará para o Tight Lacing seja feito sob medida e respeite sua anatomia. Esta preocupação no TL é mérito das brasileiras, assim como a preocupação em fazer exercícios e ir nos médicos quando se decide fazer o TL. Acredito que nada mais certo que ter este tipo de preocupação, a prática tem ligação direta com a saúde, algo que vai te afetar a longo prazo.

Um corset com reduções drásticas e irresponsáveis, assim como as grifes se referem, no TÓRAX bem como na BACIA, pode acarretar sérios problemas na saúde (leia mais aqui aqui).

Um corset muito comprido pode sim comprometer sua circulação quando se senta. Um corset com uma barbatana muito dura nas costas pode sim lhe causar fortes dores. Na parte das costas a barbatana deve seguir a linha natural da coluna e não forçá-la, MAS, um corset com barbatanas muito moles nas costas não dão um suporte adequado na região.

Se você tiver algum problema de saúde, que mal sabe que tem, ele pode ser agravado pelo uso do corset, SIM (leia aqui e aqui)!

Um corset mal feito tanto na estrutura quanto numa modelagem que não respeita a anatomia pode sim trazer malefícios à sua saúde, bem como, fazer um Tight Lacing cheio de excessos também. Basta olhar as imagens que coloquei no tópico e veja o tanto de órgãos na linha da cintura que serão afetados pelo aperto do corset.

Um treino em período integral é perigoso e o excesso de aperto também é perigoso! Compromete a vascularizacão da pele, dos músculos, pode pressionar nervos, pode acontecer uma trombose, enfraquece seu assoalho pélvico e etc (leia mais aqui).

Mesmo uma lacer, que é nítido que comete excessos/exagero no TL, diga que tenha acompanhamento médico, eu confesso que custo a acreditar na veracidade disso, ainda mais as que dizem que fazem exercícios, são magras e mal tem sinal de um músculo ao menos tonificado no abdomen... mas é aquela coisa, cada cabeça sua sentença ¯\_(ツ)_/¯  MASSSS não contamine as novatas, não iluda sobre "evoluções" milagrosas em pouco tempo (leia mais aqui e aqui) e alerte dos riscos. Omitir, "fazer a egípicia", acho péssimo!

Por isso fica o recado que semmmmmpre dou, PESQUISE MUITO sobre o Tight Lacing, e como disse num tópico que fiz num grupo:

Quando você entrar em um grupo de Tight Lacing, o que menos você tem que se preocupar agora é VALOR e ONDE COMPRAR um corset! Tight Lacing é assunto sério!

Uffa, é isso! Até que não foi tão longo assim ;) Não se esqueça, na lateral do blog você encontra diversos links para os tópicos mais importantes, caso esteja no celular - basta clicar aqui. Todos os links estão na medida do possível organizados por nível de importância, desde coisas para saber antes de compra um corset como depois de comprar um corset, tem tudo que você precisa de informação para iniciar o Tight Lacing.

Se eu for lembrando de algo relevante para acrescentar neste assunto, vou completando aos poucos por aqui mesmo ;)

UPDATE


15/08/16 - Ansiosa pelo dia que este aplicativo de realidade aumentada chegar em TODOS dispositivos móveis. Dai basta falar pras meninas nos grupos instalarem o aplicativo para ter noção do próprio corpo. DA HORAAAAA ;)




17/09/16 - Hoje foi um dia bem atípico pelo que aconteceu e tive que recorrer mais uma vez ao desenho pra fazer com que pessoas que não tem o mínimo de noção de anatomia se ligar no ocorrido. Tentarei resumir o CAUSO (rs).

Uma moça num grupo de TL que já está com a cintura naturalmente fina, insiste, quando publica imagem de corset e até mesmo com uma CINTA, em passar um editor de imagem desde o SUVACO até a cintura deixando a linha lateral toda reta formando praticamente uma SETA para baixo e deixando uma quebra absurda na imagem quando chega na cintura. Mesmo saltando aos olhos a edição grosseira em qualquer um que brinca de "photoshop", tem a turminha das tadinhas que caem e cobrem a pessoa de elogios e de likes. Ok, eu não tenho nada a ver com isso se a pessoa está com a auto estima em baixa e precisa de uns likes. Mas quando o exposto é algo que se refere a uma deformação PERIGOSA, aí realmente eu me meto no papo, não consigo me segurar.

clique na imagem para ver maior

Acredito que uma moça que faz isso nas próprias imagens usando alguma peça não tem noção que esta TOLICE ABSURDA, engana a si mesma, vai enganar as coitadas que não tem o mínimo de noção de anatomia, e o que acho pior, vai acertar em cheio e de forma BEM NEGATIVA na grife do corset que ela usa para Tight Lacing, afinal, já é notório que corsets com reduções irresponsáveis no tórax (e bacia) trazem sérios danos à saúde (leia aqui e aqui e aqui).

Ah e cá pra nós alguém elogiar uma evolucão que é nítido que a caixa torácica foi deformada por um corset mal feito é ser MUITOOOO ruim de anatomia, só não é pior quando a pessoa fala que aquela deformação perigosa será a inspiração dela, quero morrer quando leio isso... mas enfim, quem fala mal sabe o que diz.

SE INFORME PARA NÃO CAIR EM LOROTA! TIGHT LACING NÃO É MODINHA NEM JOGUINHO PRA INFLAR EGO PARA CAÇAR LIKE PQ TA COM A AUTO ESTIMA EM BAIXA!

Ah, e a moça? Bom, depois de uns comentários meus, nem tão explicativos, mas comentários de boas que fiz em uma destas fotos, me bloqueou ¯\_(ツ)_/¯ Pra que argumentar né?! Ta puxado estes novos tempos! (rs)

Deformação perigosa ta virando "BUNITO". Aff! Esta definitivamente é a ERA DAS TREVAS no Tight Lacing no Brasil. :/




2 comentários:

Hortencia Oliveira disse...

Oi boa Noite,
Eu uso diu de cobre a 4 meses gostaria de saber se posso praticar T.L.?

Iris • IFD disse...

Olá Hortencia, infelizmente não sei te dizer, só seu médico seria o ideal. Fale com ele sobre o Tight Lacing sobre a forte pressão intr aabdominal do corset e veja se isso influência em algo... nos grupo de TL no Facebook já vi tópicos com a mesma dúvida e as meninas conversando entre si sobre este assunto mas confesso nunca acompanhei de fato nenhuma delas :/. Ficarei te devendo uma resposta.

Postar um comentário