7 de out de 2015

Corsets tortos

Alguém ai já viu umas fotos de corsets onde o busk estava BEM inclinado? Não?


Eu sim! Quando é um inclinado bem leve eu já sei que pode ser que a pessoa tenha escoliose então não me espanta tanto, mas num dia vi três de uma vez só (2 relatados num mesmo grupo e 1 em outro grupo no Facebook) e de uma mesma grife bem inclinados, na hora já pensei em problemas no corte dos painéis e na hora da montagem. Mas a corsetmaker da grife veio com algumas argumentações que confesso que na hora achei estranhas, do tipo: o corset está "viciado", **vou ensinar a "tirar o vicio do corset", acabei não me manifestando pois até então nunca tinha visto algo tão inclinado antes e não tinha mais conhecimento para palpitar devidamente.

Para não expor nenhuma grife eu peguei um corset na net e manipulei toscamente a imagem para vocês terem ideia de como fica um corset torto

Passado uns dias deste epsódio num papo com outra corsetmaker acabei relembrando sobre estes casos dos busks BEM inclinados e a pessoa me indicou um pequeno texto sobre o assunto e achei bacana colocar aqui até para que outras pessoas tomem conhecimento que isso pode acontecer, as causas e para as profissionais como podem evitar:


Sobre corsets tortos:

Assimetrias no corpo podem fazer com que o centro do corset se desloque para um dos lados, o ideal seria acomodar tal assimetria na modelagem. Quando a pessoa tem uma assimetria acentuada, fazer um mock-up e prova antes de partir pra peça final resolve o problema.

A pessoa vestir incorretamente o corset também pode deixá-lo torto e fazer o uso do mesmo sem alinhá-lo corretamente pode fazer com que as fibras se desloquem permanentemente.

No que cabe ao corsetmaker, alguns cuidados na hora do corte são essenciais pra evitar o fio torto, que causa também o deslocamento do centro do corset.

Além de do básico de respeitar o fio e tomar muito cuidado nas medidas dos painéis, esquadrar o tecido é algo que pode evitar isso, pois muitos tecidos são vendidos fora do esquadro.

Outro cuidado que se deve ter, principalmente com tecidos de armação sarja (que é diagonal) é levar em conta que esse tipo de trama tem a tendência de ceder mais para um lado; o que faz com que, sob tensão, ela entorte.

Pra compensar isso, na hora de cortar cada painel, alguns espelham os painéis consecutivos, se o primeiro está virado pra direita, o segundo fica virado pra esquerda, assim a tensão e laceio do tecido são compensados e não ficam só em uma direção.

Outra alternativa, é cortar alinhando o fio não pela trama (paralelo à ourela), mas pelo urdume. No avesso da sarja, pode se notar que os fios de urdume correm perpendiculares à ourela, já os da trama tem uma tendência maior a se deslocar. Uns posicionam o fio perpendicular ao urdume (utilizando o urdume como referência e não a trama/ourela), outros posicionam o fio no urdume.

A entretela também serve para estabilizar o tecido, mas nem sempre o uso dela é possível e nem sempre ela consegue compensar a migração dos fios para um lado.

Existe tb a possibilidade do tecido ser defeituoso, o defeito pode ter ocorrido na tecelagem, mas tb pode ocorrer na fiação; a torção incorreta do fio pode ser desastrosa e muitas vezes só vai ser percebida quando se lava a roupa.

Soube que algumas grifes fazem testes antes de despachar a peça para ver se este tipo de problema já pode acontecer (não me pergunte quais testes, pois é algo da própria grife), e quando detectam o problema, já descartam a peça e fazem outra do zero.

Se você vê que seu corset esta torto na frente FALE COM SUA CORSETMAKER, não precisa entrar em pânico, ok! Não esqueça de enviar para ela suas fotos, ou quem sabe um videozinho, assim ela consegue ver o que realmente aconteceu e pode te orientar da melhor forma o que fazer.

Bom é isso pessoal, ficam ai as dicas tanto para usuárias quanto para as corsetmakers que não sabiam destes detalhes. Na lateral do blog você encontra outros tópicos importantes para serem lidos, tire um tempinho e bora ler tudo!

PARA COMPLETAR


Como fechar seu corset
• Corset puxadinho
• Você vê corsets estranhos com que frequência? O tempo todo!

Não esqueça, na lateral do blog você encontra diversos links para os tópicos mais importantes, caso esteja no celular - basta clicar aqui. Todos os links estão na medida do possível organizados por nível de importância, desde coisas para saber antes de compra um corset como depois de comprar um corset, tem tudo que você precisa de informação para iniciar a prática.

Se surgirem outras informações que agreguem este assunto, vou completando o post aqui mesmo... 

UPDATE


13/05/16**Eu achei que tinha colocado aqui mas infelizmente deixei passar, então não terá print para provar o meu alerta a seguir.

Seguinte, lá no começo citei que a corsetmaker "ia ensinar a tirar o vício". Pois bem, ela publicou o video tutorial.

O video ensina a usar O VAPOR do ferro de passar roupa em cima do corset, fazer uns movimentos com o corset e segundo o que é ensinado o corset volta ao normal, já que "o vapor faz com que as fibras do tecido retornem a forma original", no vídeo melhorou um cadinho inho, mas segundo a corsetmaker tinha que fazer o procedimento mais vezes.

O procedimento ensinado TEM tomar cuidado pois PODE QUEIMAR O TECIDO DO CORSET, sei que foi alertado sobre isso no próprio video, mas mesmo com o alerta pintou um caso de um corset bem no ponto de queima, corset da mesma grife que ensinou o procedimento.

Como a cliente da grife fazia o procedimento não via mudanças, PÁ, ela tacava de novo o ferro no corset, bom, chegou num ponto que o tecido estava no ponto de queimar de verdade. Quem já passou roupa deve saber como fica o tecido. Infelizmente no dia que o caso foi publicdo eu apenas alertei a moça do grupo que estava detonando o tecido do corset e a corsetmaker, que fez o tutorial, também alertou e no final pediu para que a cliente enviasse o corset para ela.

O tópico acredito que foi deletado, não me recordo se a cliente retornou para falar que foi resolvido com a grife - acredito que sim, tentei pesquisar no grupo pra ver se ao menos achava a imagem do tecido a ponto de queimar para colocar aqui para as que não tem muita ideia ver como fica e ver o desfecho da historia mas não encontrei.

PRA RESUMIR, entre em contato com SUA corsetmaker que fez o seu corset ANTES de fazer este procedimento, independente da grife ser X ou Y. Se sua corsetmaket te orientar para seguir o procedimento deste vídeo, tenha cuidado e se garanta que se você fizer algo de errado a corsetmaker/grife arcará com o prejuízo do tecido se por acaso for danificado.




1 comentários:

Daniela Barros disse...

Bom saber 😃

Postar um comentário