11 de set de 2015

Manchas na pele e o tight lacing

É bem normal quando depois de algumas horas de corset você tirar e ter marcas (de amassado) na pele MAS confesso que NUNCA tinha ouvido falar de mancha forte na pele causada pelo TIght Lacing até entrar no grupo Tight Lacing Brasil no Facebook e ver o relato de uma tightlacer que tem um treino um tanto mais hard que as demais. Depois dela surgiram outros poucos casos mas é sempre bom alertar pra não acontecer com você. (eu mesmo nunca tive)

Tight Lacing - Mancha marrom devido ao aperto exagerado + uso das sobras das cordas/amarração como cinto.

Para resumir os casos, separei algumas das causas para isso acontecer:

1 - NÃO USAR LINER (e PROTETOR COSTAL)


Já é sabido, caso não saiba ja vai saber agora, que para usar o corset é preciso usar uma proteção na pele, o LINER, que nada mais é que um tubinho de tecido, de preferência em algodão, que é colocado antes de vestir o corset, algumas meninas (como eu) ao invés do liner usam aquelas camisetinhas segunda pele ou alguma camisetinha de algodão sem costura (importante ser de algodão e sem costura) se tiver costura, use-a do avesso. O liner protege sua pele do atrito com o corset.

[update] Eu esqueci completamente desta, então vai o complemento.... O protetor costal entra para proteger sua pele das cordas atrás do corset, muitas vezes mesmo usando o liner se você não tiver o protetor na hora que você aperta o corset a corda desliza e QUEIMA sua pele. Sim, queima! Você da o puxão na corda e ZIP ela passa super rápido da uma esquentada que dependendo da velocidade queima, com o tempo imagine como ficará? Então, vamos evitar isso né! (um 'obrigado' para Dalila Moreira que acabou dando este toque num post la no grupo tight lacing e fitness, no facebook)

2 - APERTO EXAGERADO


Algumas meninas naquela ânsia de ver resultados rápidos, começa a fazer o que chamamos de "A LOUCA DO CORSET", aperta sem fim  até a alma sair do corpo e nem se preocupa em fazer o período de adaptação que geralmente é recomendado (leia mais sobre o seasoning - aqui), mal sabem que o excesso faz a costela ceder pelo trauma e na mesma medida que ela cedeu rapido vai voltar rápido pro lugar ;) (leia mais aqui)


3 - USAR AS SOBRAS DAS CORDAS COMO CINTINHO


Sabe quando você amarra o corset atrás e sobra aquele rabão? Então, algumas meninas fazem o seguinte, enrolam esta sobra em volta da cintura e apertam mais ainda quando dão esta volta na cintura. Todo o aperto, digamos assim, fica concentrado na cordinha.

O mais adequado é amarrar o corset atrás dar um nó, o laço e o que restou esconder o restante por baixo do corset mesmo. A tensão da corda tem que ficar lá atrás. (veja como fechar/amarra seu corset, aqui)

Outra coisa, fazer este cintinho pode (e vai) fazer com que a corda entre em atrito com aquela parte do tecido, e com o tempo aquela parte do tecido ficará mais desagastada. Então evite isso, ok! (leia mais sobre este assunto, aqui)

4 - CORSETS COM MODELAGENS QUE NÃO RESPEITAM A ANATOMIA DO SEU CORPO


[update 09/07/16] Acrescentei este item há pouco depois de umas coisas que ando vendo e que vem de encontro ao que escrevi sobre CORSETS ESTRANHOS (clique aqui), corsets que não respeitam o básico da anatomia do corpo e pressionam locais errados do corpo. Isso com o tempo acaba formando manchas e hematomas no corpo da pessoa. Vi um caso de uma mancha marrom se formando ao longo da bacia da pessoa, e segundo ela, o corset não estava apertado. Complicado :/

Este é um item que realmente não tem como explicar, mas é um item que não depende de você e sim da profissional que você confiou seu corpo para fazer um corset para tight lacing para você. ¯\_(ツ)_/¯

5 - PREDISPOSIÇÃO A TER MANCHAS


Se você é daquelas que qualquer picadinha de inseto aparece uma manchinha que custa a sair, já fique mais atenta durante seu TL.

Dai você vai se perguntar:

OK E AÍ? COMO FAÇO PARA EVITAR AINDA MAIS O APARECIMENTO DESTAS MANCHAS?


Bom, no primeiro relato que li a respeito a pessoa (Ana Roque - na época ela já tinha uns 3 anos fazendo TL) deu algumas dicas que acredito serem válidas, pois mal não farão :)

- HIDRATE BEM A PELE

Vi relatos das meninas que reclamavam de coceira depois de tirar o corset tiveram grande alivio depois desta dica HIDRATE. (alias se der a coçadinha - não coce!! se segura!)

[update] Uma diquinha que pintou agorinha da Ariana Bruxel, la no grupo TL Brasil: opte pelo hidratante em forma de gel ao invés do creme, parece que em gel o alivio da coceira é mais rápido. mas caso não encontre o gel vai creme mesmo. Outra dica que vi foi de óleo de bebê também é ótimo para hidratar. Coceira ninguém merece!

Lembre-se, quando passar o hidratante/óleo deixe antes a pele absorver e secar BEM até colocar o corset. Não me faça a louca de colocar o corset com a pele toda melecada e ainda úmida, porque assim não adianta de nada, aliás, só piora.

- USE TALCO

O talco entra mais para absorver a umidade (suor) da pele. Dica válida também pra quem mora em regiões mais quentes. Use o mais fininho que encontrar. Caso você seja do time das naturebas ou alérgica a algo nos talcos industrializados, basta digitar no google "talco natural" que já encontrará ene receitas do tempo da vovó.

Evite hidratantes com brilho, esta mesma pessoa que deu as dicas acima sobre hidratação e talco caiu na besteira de pegar um creme com brilho, já que na hora ela não tinha outro e as partículas de brilho acabaram "riscando" a pele dela. Então tenham atenção a isso.

Bom, vamos supor que você já ta com uma manchinha vermelha bem profunda, como se fosse um ralado / raspado / assado. Da um tempo no corset e trate esta manchinha, uma dica é usar o bom e velho BEPANTOL até ela sumir (Bepantol é vida! Joga no google que ele é daqueles produtos que tem que ter na bolsa), não se preocupe agora com o seu TL, você não vai perder os resultados que conseguiu de uma hora pra outra. 

Se você está assim, da um tempo no corset e aposte no BEPANTOL até isso sumir.


Lembre-se, melhor uma cintura vincada linda do que uma cintura vincada com a pele toda zoada por imprudência sua!


Agora vamos supor que sua mancha já está marrom, então amiga, pare imediatamente o TL e corra direto pro dermatologista. As manchas marrons são bem mais chatas para sumir, demoram mais e muitas vezes não saem por completo, fica ainda uma sombra. Dependendo da intensidade da sua mancha, o dermatologista vai te passar algum ácido adequado que vai atuar nela DESCAMANDO a pele. Se isso acontecer, na minha opinião, você não deve nem pensar em usar o ácido e continuar o TL... eu uso ácidos no rosto por causa de manchinhas (melasma) já usei diversos ácidos e tenho experiência para falar que sua pele ficará bem sensível a luz (se for usar ácido esqueça do sol - e se for sair no sol, nunca esqueça do protetor solar) e ao toque / atrito.

Por isso é melhor tratar sua mancha adequadamente seguindo as orientações médicas e depois que estiver tudo ok, dai sim volte ao TL e falo de novo, não se preocupe com os resultados que você atingiu até então, eles não serão perdidos de uma hora para outra, se cuide primeiro!

TÓPICOS NO FACEBOOK SOBRE O TEMA


• Minha pele escureceu / Hidratante com brilho
• Eu amo meu talco
• Mancha na pele 
• Hipoglós e óleo de amendoas para coceira depois de tirar o corset
• Hidratante caseiro, receita da vovó


UPDATE


30/10/15 -  Meninas vi um tópico no grupo Tight Lacing e Fitness, de algo que realmente nunca tinha visto acontecendo com uma tightlacer, mas enfim, é bom alertar. O recado foi dado pela Rose, corsetmaker da Black Cat Corsets

imagem ilustrativa - urticária crônica

Olá, meninas,

Alguns cuidados e implicações sobre o Tight lacing já são muito discutidos, como o fortalecimento abdominal e lombar diário, o acompanhamento e avaliação de ortopedistas e angiologistas. Mas vejo que pouco se fala sobre como o Tight Lacing atinge a pele. Vemos que reclamações sobre marquinhas e coceiras são comuns, mas não falamos sobre as urticárias, sua implicação e significado.

O post é longo, mas acho justificável visto que vem a esclarecer alguns pontos muito importantes.

Duas clientes em específico me motivaram a escrever esse post, e uma delas foi a Maressa Andrade, que inclusive fez um post aqui no grupo.

Urticárias podem ser definidas como uma dermatose, ou seja, uma doença ou moléstia da pele relacionada a reações alérgicas. As características principais são o aparecimento de inchaço (edema), irritação avermelhada (eritema), coceira (prurido) e até mesmo sensação de queimação.

Sua classificação pode ser dividida em urticárias físicas, espontâneas e outros tipos.

Para nós, interessa em especial o grupo das urticárias físicas, mas se você possuir um histórico freqüente dos demais tipos, principalmente das causadas pelo calor, é importante também repensar o uso do corset.

As urticárias são muito comuns, atingem de 15% a 20% da população, e devido à sua característica de desaparecimento geralmente breve (na maioria das apresentações a pele pode retornar ao seu aspecto natural entre 1 e 24 horas) não é um fenômeno que preocupa a maioria das pessoas.

Mas para praticantes de Tight Lacing que sofrem de URTICÁRIA DE PRESSÃO essa situação é um pouco diferente, visto que o agente causador – o corset – é adotado diariamente. Dessa forma as reações são estimuladas todos os dias e acabam trazendo conseqüências maiores.

O QUE SÃO URTICÁRIAS DE PRESSÃO?

É uma das vertentes das Urticárias Físicas, que são causadas pelo desenvolvimento das lesões descritas acima (edemas, eritemas e pruridos) em áreas da pele expostas a pressão.

A resposta do corpo depende da duração e intensidade da pressão e também da predisposição de cada pessoa a recebê-la.

Existem dois tipos de urticária de pressão: a Imediata e a Tardia. A imediata, como o nome já diz, é observada de um a dois minutos após a aplicação da pressão no local, é o tipo mais comum.

Se você pratica o Tight Lacing e ao tirá-lo nota vergões seguidos dos sintomas acima em alguns pontos da região abdominal, é possível que sofra de Urticária de Pressão. Nesta caso a melhor alternativa é suspender imediatamente o uso e procurar um dermatologista para tentar controlar essas reações. Pode ser que o Tight Lacing não seja recomendado, mas a avaliação cabe ao dermatologista.

MAS ATENÇÃO: Marcas no corpo que não são acompanhadas dessas reações acima são naturais após a remoção do corset e não são preocupantes. Elas tendem a desaparecer após uma ou duas horas. É importante resistir ao instinto de coçar, ainda mais porque as marcas causadas pelo corset causam relevos na pele e ao coçar é muito fácil se machucar.

Por isso é muito importante hidratar bem a região diariamente para que a vontade de se coçar seja minimizada. Neste ponto entra também o uso do talco já citado por várias meninas. O talco inibe a umidade da pele e auxilia a diminuir essa irritação comum.

Mas poucos desses tratamentos paliativos são relevantes do caso das Urticárias, para tratá-las é necessário consultar um dermatologista.

URTICÁRIA DE PRESSÃO TARDIA

A outra vertente das urticárias de pressão, a Urticária de Pressão Tardia, é mais preocupante, e também incomum.

As reações na pele aparecem entre 30 minutos e 9 horas após o estímulo da pressão, e persiste por 12 a 72 horas. Neste caso a maior queixa é a dor no local e também sensação de queimação.

Para quem quiser se aprofundar recomendo este ártico que trata exatamente da UPT: http://www.scielo.br/pdf/abd/v84n6/v84n06a16.pdf

Eu desconheço casos desse tipo de urticária associada ao uso do corset, mas é importante incluí-la para que havendo os sintomas, a usuária procure orientação médica já munida de informações. E claro, suspenda imediatamente o uso do corset.

DERMOGRAFISMO

Este é o tipo mais fácil de identificar dentro do grupo das Urticárias de Pressão. Se ao riscar moderadamente a sua pele com um objeto mais pontudo (sem machucar) há uma reação de coceira, vermelhidão e vergões é possível que você sofra de dermografismo, mas também há modalidades mais leves que não apresentam essa reação tão imediata.

Neste caso a prática do Tight Lacing é inapropriada, a menos que a usuária encontre a sua própria maneira de praticar através do uso de camadas mais grossas de tecido sob o corset de modo a conseguir controlar as reações. Mas de uma forma generalizada não é recomendável.

Para mais informações recomendo o link a seguir: http://drauziovarella.com.br/letras/u/urticaria/

Meninas, muitas vezes não damos muita importância às reações da pele ao Tight Lacing, mas elas são fundamentais para garantir a saúde da prática, e sem dúvida representam um fator que pode impossibilitar o Tight Lacing.

Sejam conscientes e saibam o momento de suspender o uso do corset e procurar orientação médica.

27/08/16 - Pessoal, veio uma dica que pode ser que ajude outras meninas que tenham dermografismo, lógico que cada caso é um caso e a dica não evita que você ir ao médico e inclusive ter um acompanhamento deles. Sem mais delongas, veja a dica logo abaixo:


Valeu, Daniela, pelo depoimento e por ter deixado publicar aqui no blog ;) Espero que ajude outras meninas com este mesmo problema.




0 comentários:

Postar um comentário