17 de nov de 2016

Pode fazer exercícios usando o corset?

NÃO! NÃO! e NÃO! Hoje para minha infelicidade acabaram de publicar um video no grupo TL e Fit lá no Facebook, sobre uma reportagem daquelas que quem fez mal sabe a diferença da cinta que a kim kardashian usa pra um corset feito sob medida, mas até ai tudo bem normal, afinal é difícil achar um jornalista que pesquise de verdade sobre o TL... Quando de repente, surge um depoimento de alguém que diz que pesquisou sobre Tight Lacing fazendo AGACHAMENTO e outros exercícios usando o corset...

Depois do meu mini infarto ao ver a cena e ouvindo ela dizer que "a prática do Tight Lacing é para afinar a cintura com CORSELET (sic) ou espartilhos", achei que valia a pena colocar esta informação separada aqui no blog.

troféu joinha pro educador físico da moça :/

Bora usar a pérola da moça como exemplo do que NÃO FAZER COM O CORSET, coisa que quem REALMENTE pesquisou sobre Tight Lacing e sobre os corsets está careca de saber. Para isso vou apenas copiar e colar um texto que a corsetmaker da grife Madame Sher escreveu já há um tempo atrás, que tem uma explicação básica e bem lógica sobre o assunto:

A marca Madame Sher Corsets não recomenda o uso do Elastique ou de corset durante os exercícios físicos. Segue uma explicação básica.

1 - Preservação da amplitude dos movimentos: Embora menos que um corset tradicional, a peça restringe a movimentação não possibilitando o desempenho correto de uma série de exercícios além de prejudicar o equilíbrio em determinadas posições.

2 - Preservação pressão arterial adequada: Durante o esforço intenso o volume de fluxo sanguíneo coronariano aumenta cinco vezes para atender a demanda de oxigênio acima do nível de repouso. As artérias se dilatam para aumentar a circulação do sangue, reduzindo o esforço coronário com a queda da frequência cardíaca. A transpiração - a liberação de água e sais através do suor - também colabora para a redução da pressão arterial. É contra-producente adicionar uma peça de pressão que vai desequilibrar todo o processo.

3 - Preservação da respiração: Durante os exercícios o ritmo de respiração também aumenta, sendo utilizados músculos expiratórios e acessórios que não são utilizados durante a respiração passiva. É importante que haja total liberdade de espaço e movimento para a musculatura da região abdominal durante o esforço intenso.

4 - Higiene: Evitar o abafamento, tração e atrito da pele durante o aumento de temperatura do corpo que é regulado através do sistema de resfriamento promovido pela transpiração, ajuda a evitar alergias. Os sais da transpiração somados à oleosidade da pele formam uma camada nas barbatanas facilitada pelos cantos das canaletas de forma que a lavagem não é suficiente para remover totalmente esses resíduos aumentando a proliferação de bactérias.

Na nova versão do Elastique há um selamento interno que diminui esse processo, mas devido a outras desvantagens citadas continuamos desestimulando o uso da peça para tal finalidade.

5 - Durabilidade: O barbatanas de aço não são desenvolvidas para sofrer movimentos repetitivos. As barbatanas metálicas se mantidas ou dobradas constantemente podem deformar ou mesmo chegar a romper o tecido devido a pressão. Os sais da transpiração e constante umidade do suor tem efeito corrosivo sobre o aço das barbatanas, mesmo com o tratamento que recebe para ser resistente à água, portanto peças submetidas a desvio de função terão a vida útil reduzida.

6 - Incompatibilidade com a função da peça: As mudanças promovidas nos tecidos adiposo e muscular estimuladas por peças de compressão se dão no médio e longo prazo, portanto além de prejudicial para o corpo é inútil colocar a peça para fazer exercícios. Ela deve ser vestida novamente apenas após o corpo se recuperar da atividade física e ser utilizada nos períodos que causem menos desvantagens ao corpo.



Se você chegou agora no mundinho dos corsets e no Tight Lacing, não faça como a moça da entrevista que não pesquisou de verdade e ainda vai na TV falar algo sobre o que mal sabe contribuindo ainda mais para a má fama do Tight Lacing. É como sempre digo, o problema do Tight Lacing não é ele em si e sim o BOM SENSO de quem o pratica. Fique ligada:


SE INFORME, TIGHT LACING É ASSUNTO SÉRIO!



AH! Não se esqueça, na lateral do blog você encontra diversos links para os tópicos mais importantes (clique aqui). Todos os links estão na medida do possível organizados por nível de importância, desde coisas para saber antes de comprar um corset como depois de comprar um corset, tem tudo que você precisa de informação para iniciar o Tight Lacing.


PARA COMPLETAR


Corset x Corselet
Que médicos devo ir pra ver se posso fazer TL?
Sugestão de exercícios para tight lacers (neste post tem o print do texto da sher que postei acima)
Corset para Tight Lacing é indestrutível? Dicas para não detonar seu corset




0 comentários:

Postar um comentário