12 de out de 2016

Desvendando o Waist Band da Madame Sher Corsets

Bom, desta vez o texto é da Isabella Bacchi. Não faz muito tempo que nos "encontramos" (virtualmente falando) no grupo Tight Lacing e Fitness e começamos a trocar idéia em off pelo Facebook. Pois bem, depois da resenha que fiz de outro corset, no meio de um papo, a Isabella comentou do seu Waist Band e na hora acabei dando a maior força pra ela se empolgar e fazer uma resenha dele.

Este modelo da grife Madame Sher também desperta bastante curiosidade justamente pela modelagem diferenciada dele, e nada melhor do que alguém que tem ele e já mostrou que gosta mesmo de corsets escrever sobre. Então bora ler a resenha, todas as imagens usadas se clicar em cima você consegue visualizá-las em tamanho maior (a resenha também foi publicada no grupo Tight Lacing e Fitness) ...



O corset WAIST BAND da grife Madame Sher é um corset underbust, feito em 2 tecidos, na versão em preto os detalhes são feitos em coutil acetinado, ou seja, ele é todo em coutil, apenas é usado crepe na versão bege: o coutil inglês e o crepe. O coutil é um tecido resistente, porém leve, feito com 100% de algodão , os detalhes do corset como as canaletas e o band (faixa) na cintura (waist) são em tecido crepe, o modelo recebe wide busk que promove uma maior sustentação na parte do abdomen, e os gussets, que foram uma alternativa que a grife encontrou para que o modelo acomodasse melhor a região da bacia sem a necessidade de muitas barbatanas.

Gussets: inserção triângular como costura na peça para contribuir na expansão da região. WAIST BAND é o nome desta faixa horizontal no meio do corset.

Como é característica da MODELAGEM dessa grife preservar a caixa torácica e a bacia, formando uma silhueta mais ampulheta e respeitando anatomicamente o corpo, o modelo waist band segue a mesma modelagem porém com um foco bem maior na cintura e é por isso que vem (sempre que posto foto com waist band ) a velha pergunta se eu "indico" para iniciante ou o porque que esse modelo é para "lacers avançadas" (sobre diferença entre modelo e modelagem, clique aqui).

Como optei por esse corset: CANSAMOS de dizer aqui no grupo (Tight Lacing e Fitness), CONVERSEM COM A GRIFE!!! Apenas quem confecciona o corset está realmente apto a te ajudar na escolha de um modelo, como eu tinha apenas 1 mês para prazo de confecção pois iria me mudar sem endereço fixo, liguei para a grife (telefone que esta na pagina oficial da Madame Sher no facebook e NO HORÁRIO DE ATENDIMENTO ) e fui muito bem atendida, a moça que infelizmente não me lembro o nome me orientou a mandar um e-mail explicando exatamente o que eu queria em um corset, como foi minha primeira experiência com tight lacing, fotos do meu corpo e perguntei se o modelo waist band seria dequado para mim, a grife respondeu que não teria problema com o prazo e estaria com meu waist band em mãos na data desejada. Segundo está no site da grife "Modelo indicado para quem procura curva extrema na cintura mas estrutura leve no tronco", portanto NÃO É RECOMENDADA para clientes cuja prioridade seja redução de tecido adiposo na região dos flancos". Bom, eu tenho pochete e flancos mas para mim não é nada que realmente me incomode (imagino que muitas lerão isso como absurdo, afinal muita gente acha que todas temos a obrigação de gostar e querer ser malhada/magra).

Troquei e-mails com a grife durante todo o prazo de confecção, eles deixam bem claro que demoram até 3 dias para responder e algumas mensagem demoraram mesmo para serem respondidas MAS TODAS FORAM! Chegou no dia marcado eu fui buscar meu corset (vai começar a fofura da coisa) COMO ELE É PERFEITO mesmo na primeira prova no atelie com ele todo solto já dava para ver AQUELA CURVA, ele possui 4 fechos no busk, afinal tenho 1,48 de altura, bem leve e ao mesmo tempo bem forte, no corpo eu sinto a pressão do corset EXATAMENTE na cintura e nas costelas flutuantes, nada de pressão no tórax ou bacia, apenas o apoio do corset, mesmo no primeiro dia de seasoning ele já estava fechando ( ) (sobre o wide busk , clique aqui / sobre como fechar seu corset, clique aqui).

Por baixo com corset X Sem corset
+ dicas sobre conservação do seu corset, clique aqui

Meu antigo corset era de colchete, logo, não tenho como comparar o busk comum com o wide busk, mas a Iris ja fez isso no post revelando o corset dela. O que tenho a dizer é que realmente o suporte que ele proporciona é incrivelmente forte, você se sente com uma "tala" na barriga, mas sem perder o conforto, muito pelo contrário você sente que nem que tentar MUITO você dobraria a barriga, sem chance mesmo! Creio que os gussets realmente fazem diferença no corset, seja sentada ou em pé ele sempre esta ACOMODANDO minha bacia perfeitamente com um conforto que realmente não sei descrever, você se sente "abraçada" pelo corset.


SOBRE MINHAS SENSAÇÕES COM O CORSET DURANTE O SEASONING


1º dia: estava extremamente largo na cintura e na bacia, o que é bem normal mas ter alguem que conhece de corset apertando ele no seu corpo vale a pena! eu nao aconselho a pedir ajuda pra mae, irma, namorado...

4º dia: ainda estava largo nas extremidades porem ja sentia ele "acentando " no corpo

1ª semana: no fim da primeira semana ja sentia o corset bem acomodado ao meu corpo, porem nao apertei pois a pressão na cintura é realmente grande e nao queria "estrangular" a coitada

2ª semana: pela primeira vez eu apertei ele, antes estava só rente ao meu corpo no fim da primeira semana comecei a apertar, bem pouco afinal a pressão na cintura é realmente grande.

Eu realmente não indicaria esse modelo para alguém que nunca fez tight lacing, ele realmente "pega" a cintura de jeito, tem que ter muita calma pois se fazer a "louca do corset" com um underbust básico ja é prejudicial NEM IMAGINO COMO SERIA se alguém fizesse a louca do do corset com um WAIS BAND da Madame Sher.

Quando alguem me diz que sou "veterana" ou que só "veteranas" podem usar, bom eu não sei o que é ser veterana mas como eu disse anteriormente só quem pode indicar algo é a corsetmaker e quem usa ter noção do modelo que optou, infelizmente muita gente ainda confunde um waist band com um waist cincher e são modelos totalmente diferentes!! (veja a diferença do underbust e um wasit cincher, clique aqui)


Ao escrever esse post tentei ao máximo não criar "a lenda do waist band", ele é um modelo que foca na cintura SIM, mas NÃO É ELE QUE FAZ VOCÊ TER AQUELE PUTA VINCO assim que comprar!! Como qualquer corset ele será feito a partir DAS SUAS MEDIDAS, logo o vinco dele também será definido pelo seu corpo e não o contrário, por mais esse motivo não acho que é um modelo que valorize quem tem um corpo maça, por exemplo, leia mais aqui… mas aí é mais questão de aparência sobre a minha opinião pessoal.

Minhas medidas para quem estiver curioso são:

Tórax: 70 cm
Cintura: 63/64 cm
Bacia: 85 cm

Não recomendo para quem quer um corset "de guerra" e de beleza ao mesmo tempo (apesar dele ser maravilhoso para treino e para exibir) pois a parte em crepe desgasta com facilidade por ser um tecido delicado, mesmo eu protegendo BEM em pouco tempo de uso ja vejo pequenos sinais de desgaste que ferem meu coração.

ADENDO IMPORTANTE


imagem meramente ilustrativa
*Antes de escrever essa resenha mandei um e-mail para a grife pedindo mais detalhes sobre o waist band, porém imagino que com o fim de ano o numero de e-mails está muito grande entao ainda não tive retorno, caso a grife me retorne ou alguém me der informações mais TÉCNICAS sobre o modelo eu coloco aqui*, a Iris que fez as montagens abaixo e escrevi essa resenha com incentivo dela e convido a todas a fazerem o mesmo para que as outras integrantes não ficarem sem referências pessoais que elas tanto pedem sobre o corset! Apenas dizer que é lindo e que está amando não ajuda tanto quem está em dúvida !

Antes que façam algum comentário maldoso sobre o valor, eu FIZ COFRINHO PARA ADQUIRIR ESSE CORSET, só pedi de emergência pois decidi a viagem de última hora mas a compra do corset já estava programada.

*RESPOSTA DA GRIFE SOBRE O MODELO


Como a resposta da grife veio depois da publicação da resenha, deixo registrado logo abaixo:

O modelo waist band da grife Madame Sher é um modelo baseado nos corsets vitorianos. Sua base construída em camada única de coutil inglês de algodão (tecido especialmente desenvolvido para corseteria), com complexa modelagem que distribui as medidas entre 20 painéis independentes (sendo 12 verticais, 6 gussets e 2 horizontais), tem reforços em pontos estratégicos apenas, o que resulta numa peça encorpada, mas ao mesmo tempo incrivelmente leve.

Essa modelagem com o cinturão na cintura, tem grande poder de tração focado na região e dá ótimo suporte abdominal ao mesmo tempo que permite um encaixe super confortável aos flancos, sem que nenhuma barbatana fique em cima da crista ilíaca ou que o excesso de camadas de tecido pressione excessivamente a região.


Ficou boa a resenha, né?! Eu também gostei! E reforço o convite que a Isabella fez: " Convido a todas a fazerem o mesmo para que as outras integrantes não ficarem sem referências pessoais que elas tanto pedem sobre o corset! Apenas dizer que é lindo e que está amando não ajuda tanto quem está em dúvida !" Leiam sobre a construção de um corset isso deixa QUALQUER resenha mais embasada, fora que, pelo menos pra mim, esta parte dos painéis, da estrutura do corset é algo super bacana de se saber e aprender, além de isso, da uma percepção melhor e maior do cuidado que tiveram na confecção da peça.

Para você que ficou mais interessada neste modelo, a melhor coisa, como já dito na resenha da Isabella, é entrar em contato diretamente com a grife. Faça isso pelos canais oficiais:

Site: www.madamesher.com
Email: contato@madamesher.com.br
Facebook: Madame Sher Corsets
Telefone: (11) 3884-7984

Lembrando que a visita ao atelier, que fica em São Paulo, é apenas feita com agendamento prévio. A grife também despacha para todo Brasil, como também para o exterior.

Se você chegou agora no mundinho dos corsets e no Tight Lacing, fique ligada:


SE INFORME, TIGHT LACING É ASSUNTO SÉRIO!



AH! Não se esqueça, na lateral do blog você encontra diversos links para os tópicos mais importantes (clique aqui). Todos os links estão na medida do possível organizados por nível de importância, desde coisas para saber antes de comprar um corset como depois de comprar um corset, tem tudo que você precisa de informação para iniciar o Tight Lacing.

UPDATE


13/10/16 - Duas infos interessante que vi e achei bacana colocar aqui na resenha, apenas não vou colocar o print pois tem uma OUTRA info que acredito que é apenas momentânea então para não confundir vou borrar esta parte da info e destacar o que achei relevante...


Sobre esta parte da não possibilidade de reforma do Waist Band da grife Madame Sher, a Isabella Bacchi chegou a dar a opinião dela e também achei legal colocar aqui:

Eu acho meio difícil alguém querer reduzir mais medida depois de fechar esse, com ele é para lacer que já prática há um tempo e ainda por cima proporciona uma cintura mais dramática ele já é pensado para último estágio de treino (imagino eu) ou a pessoa já perdeu totalmente a noção e quer um treino muito muito extremo!

Extremos existem mas sabemos as consequências para a saúde do tight lacing extremo , fica subentendido que esse corset é para "último estágio"