7 de dez de 2015

Acompanhamento médico é importante no Tight Lacing SIM!

A gente sempre bate nesta tecla nos grupos de Tight Lacing que existem pelas redes sociais mas sempre aparece a turminha que não sente nada no corpo e acha que não precisa ir em médico pra ver se tem algo. Mesmo publicando todos os links possíveis elas insistem em não ir.

Pois bem, vai mais uma evidência sobre a importância do acompanhamento médico, sobre a importância de saber se você não tem nenhum problema pré existente que possa ser agravado com o TIght Lacing.

Hoje saiu uma matéria no UOL e achei bacana trazer parte dela aqui pro blog também.


Destaco a parte do depoimento de uma tight lacer:

Embora não se orgulhe disso, a estudante de moda Luna Moraes é praticante do "tight lacing" desde os 13 anos. É verdade que ela teve de interromper o método aos 15, depois de sentir as primeiras dores na coluna e ser diagnosticada com escoliose e lordose.

Após fazer fisioterapia e RPG, Luna voltou aos corsets anos depois, aos 19, com uma outra consciência a respeito da controversa peça. "Tight lacing exige muita responsabilidade e é imprescindível  ter acompanhamento médico e fazer os exercícios específicos de fortalecimento...

É isso pessoal, para completar as informações acima ficam as dicas de leitura:

Que médicos devo ir para saber se posso fazer Tight Lacing? (aqui você vai encontrar outras questões relacionadas a saúde x tightlacing - tem muita coisa para ler)
Os efeitos colaterais do TL exagerado
Tight Lacing x Idade
Sinto em informar mas não se faz Tight Lacing com cinta

Lembre-se, na lateral do blog tem os tópicos mais importantes, como infelizmente quem acessa pelo celular não vê a lateral do blog, pode clicar aqui para ver todos os tópicos importantes.




0 comentários:

Postar um comentário