30 de set de 2015

Dita Von Teese diz que devemos pensar duas vezes sobre a “tendência” do Waist Training


Dita Von Teese é muitas coisas - rainha do burlesco, feminista, mestre da velha glamour de Hollywood, atriz e ainda é designer de lingerie - o que a coloca em boa posição para comentar sobre boom na mídia de “waist trainers” popularizado pelas famosas irmãs cuja primeira letra do nome é K.

Durante a sua visita a Sydney na semana passada para promover a sua própria coleção de lingerie, a estrela internacional, que começou a trabalhar em uma loja de lingerie quando adolescente, disse ao The Huffington Post Australia que ela iria encorajar as pessoas a ter um olhar um pouco mais profundo sobre o waist training.

“Uso espartilhos desde 1990, então eu definitivamente tenho uma compreensão do que é a corsetaria e como ele se relaciona com waist training - Eu acho que seria lamentável que estivessem olhando as Kardashians como uma fonte de conhecimento sobre este assunto” disse ela.

"Para ser honesta, eu não li muito sobre o produto que divulgam, mas meu primeiro pensamento quando eu vi o que elas estavam promovendo foi 'Oh meu Deus, o que são esses corsets ruins que estão vendendo - eles são horríveis!’”, disse ela ao HuffPost Austrália.

"Um corset adequado deve ser feito para o seu corpo e há pessoas que são especialistas em fazê-los - Corsets não são simplesmente por tamanho, Pequeno, Médio e Grande."

Von Teese, 42 anos, é conhecida também pela sua linha de lingerie que atende a mulheres de todos os tamanhos - algo que ela admite ser bem importante desde o início da produção.

"Quando fui abordada para criar minha própria coleção uma das minhas primeiras perguntas foi que tipo de tamanhos estamos falando, porque eu sei qual é a minha base de fãs - são mulheres de todas as formas", disse ela.

"Quando faço minhas perfomances, vejo um grande público de maioria mulheres que estão abraçando o glamour e estilo retro e elas tem todas as formas, tamanhos e idades diferentes."


A gama de tamanhos oferecidos na coleção é bem variada desde o tamanho 8A a 20F (medidas internacionais) e conta com calcinhas, sutiãs, cinta-ligas de todos os estilos - algo bem raro de se encontrar em outros produtos - mas ela admite que o percurso de chegar a estas peças não foi nada fácil.

“Sempre digo que podemos fazer um tamanho de bojo maior, mas alguns estilos de sutiãs não comportam este tipo de bojo, então algumas mudanças precisam ser feitas, o que significa que nem sempre os modelos serão iguais em tamanhos maiores" disse ela.

"Da mesma maneira que eu não posso usar o sutiãs com triângulo bem pequeno - Adoraria usar um destes, mas eu não posso usar, e assim eu aceito e vejo que no meu corpo fica mais adequado usar outros tipos de peças”

“Não podemos ficar lamentando o que não podemos usar, e sim definitivamente podemos comemorar sobre algo que podemos usar - e provavelmente outra pessoa não possa", disse ela.

E quando se trata sobre body shamming (vergonha ao corpo), Von Teese esbanja sabedoria.

"Eu odeio tanto essa expressão "mulheres reais" - como quando as pessoas dizem 'Quero ver mais mulheres reais' - bem, há muitas mulheres que são naturalmente magras e uma grande parte do tempo elas estão se punindo da mesma forma que as pessoas maiores são punidas", disse ela.

"Todos nós temos o direito de ser considerado sensual e sexual e eu quero ver mulheres sendo consideradas de diferentes maneiras. Eu não acho que nós deveríamos estar cobrindo as pessoas só porque eles são de uma certa idade ou forma - é ridículo.”

"Eu sei que algumas mulheres como Sharon Stone e Madonna captam toda a atenção de pessoas que estão em uma sala, mesmo quando elas estão entre supermodelos - e eu já vi isso muitas vezes.”

Isso é sobre confiança e saber quem você é e não em procurar a aceitação dos outros, é realmente maravilhoso quando você começa a conhecer e aceitar a si mesmo”, disse ela.

fonte: www.huffingtonpost.com.au
tradução livre: Iris Freitas Duarte
agradecimentos: Marcelo Lima da Ferrer Corsets por ter sugestionado o texto.


NOTA DO BLOG: Waist Training e Tight Lacing são a mesma coisa, acontece que lá fora está uma onda absurda e a nomenclatura WAIST TRAINING está se popularizando por causa da Kim Kardashian com sua cinta tubo de borracha. Sendo que já é sabido que elas são pagas para fazer tal promoção e que a peça que elas promovem não é nem de longe adequada para prática.

Mas, além disso, o que vem crescendo também é o pessoal que usa corsets sem ser sob medida e o pior nem fazem exercicios para tonificar os musculos como sempre aconselhamos por aqui, lá fora o habito de exercicios entre as tight lacer praticamente ee inexistente. Felizmente aqui no Brasil quem REALMENTE pesquisa sobre o assunto tem MUITO mais cuidado do que as praticamentes lá fora.


Para Completar


Cuidado com os falsos corsets, saiba identificá-los

Não esqueca que se você estiver no computador na lateral do site tem os tópicos que devem ser lidos antes mesmo de você pensar em comprar um corset. Leia tudo!




0 comentários:

Postar um comentário