10 de abr de 2015

Já viu um homem experimentando um corset feminino?

O pessoal da Cosmopolitan fez uma brincadeirinha e desafio alguns homens a experimentar um corset (com modelagem feminina) vejam só a pataquada:

 


UPDATE


02/06/16 - A proposta do video, apesar de clara, mas fica a explicação - em tom de "humor" (ja que a menina vez o clássico clichê pastelão de colocar o pé nas costas de um dos homens - o que deixou o video uma pataquada) foi mostrar o quanto mulher sofre para se encaixar aos padrões estéticos e saber como eles se sentiram ao colocar a peça.

Para quem procura um conteúdo mais significativo e relevante sobre o tema HOMENS x TL x CORSETS ou homens - biologicamente falando - que procuram formas mais "femininas"/curvas com o uso do corset e a prática do Tight Lacing:

• Uma breve historia dos corsets para homens
• Trans / Crossdresser e o Tight Lacing

Uma pessoa que nasceu homem que procura formas femininas com o TL, o corset tem uma estrutura diferente, não é pegar um corset feito para o corpo feminino como no video exposto e pronto, nos links acima citados (mais no segundo) tem algumas explicações melhores. Dúvidas técnicas, POR FAVOR entre em contato com sua/seu corsermaker, pois o assunto é denso.

(*uma vez me ensinaram o termo para usar para não ofender, para não usar o "homen biologicamente falando" mas me desculpem, eu esqueci, quando achar eu tento reescrever aqui)




2 comentários:

Anderson Sales disse...

oi..não entendi o termo "pataguada"
então pra você não fica bem homem praticar tight lacing ?

Iris • IFD disse...

Interpretou bem errado hein colega ;) a pataquada OBVIAMENTE se refere a brincadeira que fizeram em tom de humor - nao se refere ao fato de homens usarem corsets ou nao, e praticarem TL, lembrando que o fato de alguem usar um corset nao significa que faz TL.

Vou aproveitar e colocar alguns links para completar este topico que foi feito em 2015 ja teve outros topicos com um conteudo bem mais signifcativo em relação tl x homens - e um link para o significado de "pataquada" para que não haja mais interpretações equivocadas.

Postar um comentário