13 de dez de 2010

Madame Sher e o apelo erótico da cinturinha de pilão

Há quem descreva a sensação de usar um corset como a de um abraço forte ou de ser sustentada por mãos másculas. Também tem quem busque a função estética da peça, usando-a diariamente para reduzir as medidas da cintura. E há aqueles que são fascinados pelas curvas criadas com o uso deste item de vestuário que surgiu como roupa íntima e hoje ganha ares de alta-costura.

Madame Sher, nome pelo qual é conhecida Leandra Rios, é a corsetiér que trouxe o espartilho de volta ao guarda-roupa da paulistana. Criada em 2004, a marca que leva seu nome, veste mulheres (e alguns homens) de todos os tipos, de praticantes do tightlacing – o uso contínuo do corset para a modificação da silhueta - a celebridades como Fernanda Young, Adriane Galisteu, Luciana Gimenez, Claudia Raia e a diva burlesca Dita Von Teese.

Leia matéria na íntegra »




3 comentários:

Maria Eliza disse...

Amei a roupa dela! Aliás, amei mesmo a meia! To louca por uma assim! Ela é quase invisível, sabe que fio é Íris?
Beijoos

Iris | IFDBlog disse...

Olá Maria estas meias LINDAS q a sher tem sao importadas, sei q ela compras algumas na loja how cool - como to como a net lenta aqui depois da uma procurada no google mas é este o nome da loja senao me falha a memoria. BJS

Maria Eliza disse...

Ahhh, obrigada Iris! Vou pesquisar! Obrigada meesmo, bjs

Postar um comentário